Buscar

A Difícil Arte de Mudar

Neste artigo falamos sobre como é difícil mudar! Mas diz também que não é impossível, e trás algumas dicas para lidar com isso.



Mudar... Palavra curta, porém carrega uma responsabilidade grande em seu significado. Nem sempre é fácil mudar.

Por que é tão difícil mudar nossos pensamentos? Por que é tão dolorido muitas vezes pensar em fazer algo diferente? Por que é tão difícil encontrar alternativas?

O mundo muda constantemente, a todo momento. Hoje lemos uma informação, que daqui há alguns minutos poderá ter mudado completamente. Compramos algo, e que em um mês, já estará obsoleto. Nossos apps prediletos são atualizados constantemente e lidamos com isso naturalmente. Com pessoas não é diferente, mudamos a todo instante, basta um estímulo, para pensarmos diferente, mudarmos nossos sentimentos e por fim agirmos diferente.

Essas três palavras em destaque no trecho acima, são as chaves para uma mudança mais fácil, pois pensamos, sentimos e então agimos.

Nas primeiras sessões de um processo de Coaching, esse é o primeiro obstáculo a ser superado pelo Coachee, pois ao receber uma pergunta do tipo: "O que você pode fazer para mudar isso?", geralmente percebo aquele silêncio, e em muitos casos aquela mão na cabeça acompanhada da frase: "Eu não faço ideia! Já tentei de tudo!". Pois bem, quantas vezes eu também agi assim até começar a pensar de uma maneira mais sistêmica, além de avaliar melhor os riscos. E como é isso?

Pensar de maneira sistêmica é o ato de criar novas opções, como se diz muito hoje em dia – “ Pensar fora da caixa" – porém, eu prefiro o "Sair da caixa!". Mas COMO fazer isso? Você tem algumas opções...

Comece buscando informações de outras pessoas que já passaram pelo que você está passando. Acredite, você não é o único neste mundo que está nesta situação! Busque na internet, procure pessoas próximas, troque ideias, várias cabeças juntas pensam melhor que uma! (Geralmente). Procure saber como você agiu em situações similares a esta e que funcionou, então melhore, adapte-se. Analise também o que não funcionou tão bem assim e então corrija, aprenda com este erro!

Reflita e após pensar em algumas opções...

Avalie os seus riscos! Faça um exercício, procure pensar em como você irá lidar com cada uma das opções que criou. Avalie os pontos positivos e negativos destas opções. Crie estratégias para lidar com os pontos negativos, pois certamente você se sentirá mais seguro com esta mudança e o ato de agir será menos traumático e mais seguro.

© 2020 Lumeh Desenvolvimento Humano - CNPJ - 36.963.147/0001-24